lunes, 31 de octubre de 2016

Idealizações

       

Augusto dos Anjos - 137 - Idealizações


A Santos Neto

I

Em vão flameja, rubro, ígneo, sangrento
O sol, e, fulvos, aos astrais desígnios,
Raios flamejam e fuzilam ígneos,
Nas chispas fulvas de um vulcão violento!
É tudo em vão! Atrás da luz dourada,
Negras, pompeiam (triste maldição!)
-- Asas de corvo pelo coração...
-- Crepúsculo fatal vindo do Nada!

Que importa o Sol! A Treva, a Sombra -- eis tudo!
E no meu peito -- condenada treva --
A sombra desce, e o meu pesar se eleva
E chora e sangra, mudo, mudo, mudo...
E há no mei peito -- ocaso nunca visto,
Martirizado porque nunca dorme
As Sete Chagas dum martírio enorme,
E os Sete Passos que magoaram Cristo!

II

Agora dorme o astro de sangue e de ouro
Como um sultão cansado! As nuvens como
Odaliscas, da Noite ao negro assomo
Beijam-lhe o corpo ensangüentado d’ouro.
Legiões de névoas mortas e finadas
Como fragmentações d’ouro e basalto
Lembram guirlandas pompeando no Alto
Eterizadas, volaterizadas.

E a Noite emerge, santa e vitoriosa
Dente um velarium de veludos. Atros,
Descem os nimbos... No ar há malabatros
Turiferando a negridão tediosa.
Além, dourando as névoas dos espaços,
Na majestade dum condor bendito,
Subindo à majestade do Infinito,
A Via-Láctea vai abrindo os braços!

Áureas estrelas, alvas, luminosas,
Trazem no peito o branco das manhãs
E dormem brancas como leviatãos
Sobre o oceano astral das nebulosas.
Eu amo a noite que este Sol arranca!
Namoro estrelas... Sírius me deslumbra,
Vésper me encanta, e eu beijo na penumbra
A imagem lirial da Noite Branca.

III

De novo, a Aurora, entre esplendores, há-de
Alva, se erguer, como tombou outrora,
E como a Aurora -- o Sol -- hóstia da Aurora,
Abençoada pela Eternidade!
E ei-lo de novo, ontem moribundo,
Hoje de novo, curvo ao seu destino,
Fantástico, ciclópico, assassino
Ébrio de fogo, dominando o mundo!

Mas de que serve o Sol, se triste em cada
Raio que tomba no marnel da terra,
Mais em meu peito uma ilusão se enterra,
Mais em minh’alma um desespero brada?!
De que serve, se, à luz áurea que dele
Emana e estua e se refrange e ferve,
A Mágoa ferve e estua, de que serve
Se é desespero e maldição todo ele?!

Pois, de que serve, se aclarandoos cerros
E engalanando os arvoredos gaios,
A alma se abate, como se esses raios
N’alma caindo, se tornassem ferros?!

IV

Poeta, em vão na luz do sol te inflamas,
E nessa luz queimas-te em vão! És todo
Pó, e hás de ser após as chamas, lodo,
Como Herculanum foi após as chamas.
Ah! Como tu, em lodo tudo acaba,
O leão, o tigre, o mastodonte, a lesma,
Tudo por fim há de acabar na mesma
Tênebra que hoje sobre ti desaba.

Ninguém se exime dessa lei imensa
Que, em plena e fulva reverberação,
Arrasta as almas pela Escuridão,
E arrasta os corações pela Descrença.
Ergue, pois poeta, um pedestal de tanta
Treva e dor tanta, e num supremo e insano
E extraordinário e grande e sobre-humano
Esforço, sobre ao pedestal, e... canta!

Canta a Descrença que passou cortanto
As tuas ilusões pelas raízes,
E em vez de chagas e de cicatrizes
Deixar, foi valas funerais deixando.
E foi deixando essas funéreas, frias,
Medonhas valas, onde, como abutres
Medonhos, de ossos, de ilusões te nutres,
Vives de cinzas e de ruinarias!

V

Agora é noite! E na estelar coorte,
Como recordação da festa diurna,
Geme a pungente orquestração noturna
E chora a fanfarra triunfal da Morte.
Então, a Lua que no céu se espalha,
Iluminando as serranias, banha
As serranias duma luz estranha,
Alva como um pedaço de mortalha!

Nessa música que a alma me ilumina
Tento esquecer as minhas próprias dores,
Canto, e minh’alma cobre-se de flores
-- Fera rendida à música divina.
Harpas concertam! Brandas melodias
Plangem... Silêncio! Mas de novo as harpas
Reboam pelo mar, pelas escarpas,
Pelos rochedos, pelas penedias...

Eu amo a Noite que este Sol arranca!
Namoro estrelas... Sírius me deslumbra,
Vésper me encanta, e eu beijo na penumbra
A imagem lirial da Noite Branca!

Augusto dos ANJOS (1884 - 1914) - Eu e Outras Poesias.


Augusto dos Anjos é um dos mais originais poetas brasileiros, e também um dos mais populares. Sua obra consiste, porém, em apenas um livro. Eu foi publicado ainda em vida do autor; outros poemas, publicados em periódicos ou inéditos, foram coligidos após sua morte e acrescentados ao volume organizado pelo autor, renomeado então Eu e Outras Poesias . Aclamada pelo público e pela crítica, sua obra foi repudiada por muitos em sua época, e ainda causa estranheza, pela mistura de vocabulário coloquial e científico, pelos temas exacerbadamente macabros e pessimistas, pelo exagero sistemáticos na linguagem e no tratamento dos temas. Não obstante as controvérsias que cercam sua obra, muitos de seus versos caíram no uso popular, tais como um urubu pousou em minha sorte , a mão que afaga é a mesma que apedreja e outros.




Conteúdo completo disponível em:






Links:


Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Biomas Brasileiros

São Paulo - Conheça seu Estado

O espaço geográfico e sua organização

Paraná - Conheça seu Estado

O espaço geográfico e sua organização

Prédios mais altos do mundo e do Brasil

Organização do espaço urbano - necessidade ou arte?

Salmos - Capítulo 31 - Bíblia Online

Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome

O Diário de Anne Frank

Macunaíma - Mário de Andrade

Dom Casmurro - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

O Triste Fim de Policarpo Quaresma - Lima Barreto

Mein Kampf - Adolf Hitler

Cinco Minutos - José de Alencar

Grécia Antiga - História em 1 Minuto

TOP 10: Poesia - Poemas em Português, Espanhol, francês e inglês


Sóror Maria do Céu - Sobre as palavras do padre Vieira

Prece - Natalina Cordeiro

A Raposa e as Uvas - Manuel Maria Barbosa du Bocage

Luís Vaz de Camões - Apolo e as Nove Musas Descantando

Se tu viesses ver-me - Florbela Espanca

Que falta nesta cidade - Gregório de Matos

Flor da Mocidade - Machado de Assis

Velhas Árvores - Olavo Bilac

Morte de Raquel - Madalena da Glória

A Esperança - Augusto dos Anjos

Los Naranjos

Lorsque l'enfant paraît - Victor Hugo

Sobolos rios que vao - Luís Vaz de Camões

Song of myself - Walt Whitman

Passo por Meus Trabalhos tao Isento

Braços - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Antítese - Os Escravos - Castro Alves

O deus-verme - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesia

TOP 30: PDF para Download - Domínio Público


Livros em PDF para Download

O Estrangeiro - Albert Camus

A Mortalha de Alzira - Aluísio Azevedo

O Diário de Anne Frank - Edição Definitiva - Anne Frank

Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

Juca-Pirama - Antônio Gonçalves Dias

Oeuvres - Arthur Rimbaud

A Ama-Seca - Artur Azevedo

Eu e Outras Poesias - Augusto dos Anjos

Amor De Perdição - Camilo Castelo Branco

A cachoeira de Paulo Afonso - Castro Alves

As Flores do Mal - Charles Baudelaire

David Copperfield - Charles Dickens

Faróis - Cruz e Sousa

Hell or The Inferno from The divine comedy - Dante Alighieri

A Ilustre Casa de Ramires - Eça de Queiros - PDF

Contos Extraordinários - Edgar Allan Poe

Canudos e outros temas - Euclides da Cunha - PDF

Medeia ελληνικά - Eurípides

Aforismos e Afins - Fernando Pessoa - Livros em PDF para Download

Memórias do Subsolo - Fiódor Mikhailovitch Dostoiévsk - Fedor Dostoievski

This Side of Paradise - Francis Scott Fitzgerald

A Metamorfose - Franz Kafka - PDF

Madame Bovary - Gustave Flaubert - PDF

Moby Dick - Herman Melville

Teogonía - Hesíodo

Odisséia - Homero - Download

Retrato do Artista Quando Jovem - James Joyce - Download

Emma - Jane Austen - Download PDF Livro Online

Fausto - Johann Wolfgang von Goethe

Viagens de Gulliver - Jonathan Swift

A Pata da Gazela - José de Alencar

O Coração das Trevas - Joseph Conrad

A mulher de Anacleto - Lima Barreto - Livros em PDF para Download

Anna Karenina - Leon Tolstói - Download

Luís Vaz de Camões - Livros em PDF para Download

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões - Download

Machado de Assis

O Alienista

Esaú e Jacó

Dom Casmurro

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Quincas Borba

A Cartomante - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Michel de Montaigne - PDF Download Livro Online

Les Essais - Michel de Montaigne - PDF

Marcel Proust - Download PDF Livro Online

À Sombra das Raparigas em Flor – Em Busca do Tempo Perdido – Vol.2 - Marcel Proust

Amar verbo intransitivo - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

Don Quixote - Miguel de Cervantes Saavedra

Alma inquieta - Olavo Bilac - PDF Download Livro Online

Metamorfoses II - Públio Ovídio Naso

As jóias da Coroa - Raul Pompeia - PDF Download Livro Online

Antigonas - Sófocles

A Montanha Mágica - Thomas Mann

Eeldrop and Appleplex - T. S. Eliot - Thomas Stearns Eliot

Marília De Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga - PDF Download Livro Online

O Corcunda de Notre-Dame - Victor Hugo - PDF Download Livro Online

Virgilio - PDF

Eneida - Virgilio

O Quarto de Jacob - Virginia Woolf - PDF

A Tempestade - William-Shakespeare - Livros em PDF para Download

William Faulkner

O Som e a Fúria - William Faulkner

Bíblia Sagrada - João Ferreira de Almeida - Bíblia

Bíblia Sagrada - Católica

O Vermelho e o Negro - Stendhal - Henri-Marie Beyle

O Homem Sem Qualidades - Robert Musil

TOP 30: Billboard - Letras de Músicas - Song Lyrics - Songtext


Closer - The Chainsmokers ft. Halsey

Chill Bill - Rob $tone ft. J. Davi$ & Spooks

Do You Mind - DJ Khaled ft. Nicki Minaj, Chris Brown & August Alsina

How I'll Always Be - Tim McGraw

My Shit - A Boogie Wit da Hoodie

80s Mercedes - Maren Morris

Alone - Marshmello

Bad Things - Machine Gun Kelly x Camila Cabello

Dirty Laundry - Carrie Underwood

Blow Your Mind (Mwah) - Dua Lipa

Today - Brad Paisley

Ain't My Fault - Zara Larsson

Million Reasons - Lady Gaga

PPAP (Pen-Pineapple-Apple-Pen) - Piko-Taro

All Time Low - Jon Bellion

24K Magic - Bruno Mars

GooFresh Eyes - Andy Grammer - Song Lyrics

Wanna Be That Song - Brett Eldredge - Song Lyrics

Mercy - Shawn Mendes - Letras de Música

Juju On That Beat (TZ Anthem) - Zay Hilfigerrr & Zayion McCall - Letras de Música

All We Know - The Chainsmokers feat Phoebe Ryan - Letras de Música

False Alarm - The Weeknd - Letras de Música

Rock On - Tucker Beathard - Letras de Música

Say It - Flume feat Tove Lo - Letras de Música

This Town - Niall Horan - Letras de Música

Scars To Your Beautiful - Alessia Cara - Song Lyrics

I Met A Girl - William Michael Morgan - Song Lyrics

Starboy - The Weeknd feat Daft Punk - Song Lyrics

Side To Side - Ariana Grande feat Nicki Minaj - Song Lyrics

TOP 60: Conheça seu Estado - História e Geografia


Araçatuba (Mesorregião)

Ribeirão Preto (Mesorregião)

São José do Rio Preto (Mesorregião)

As regiões do estado de São Paulo

A divisão estadual após a Proclamação da República

A divisão estadual após a independência do Brasil

Os tratados de limites estabelecendo as fronteiras

A história da configuração do território paulista

Os símbolos do estado e do município (SP)

Os símbolos do estado e do município (PR)

Atribuições das Câmaras Municipais (PR)

O município e sua administração (PR)

A representação do espaço paranaense

A organização do espaço geográfico brasileiro

O espaço geográfico e sua organização

Ressurreição - Machado de Assis

Assistente Social - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Som - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Auditório - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Biblioteca - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Banheiro - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Bazar - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Água - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Biblioteca - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Brinquedoteca - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Cachorro - Jogos para Crianças - Atividades Educativas Ensino Fundamental

Atividades Educativas Ensino Fundamental - Aprendendo sobre o Dinheiro

Curso de Inglês em 2 Horas - Nível Básico

Curso de Espanhol em 2 Horas Nível Básico

Revisão de Inglês em 2 Horas Básico e Intermediário

Progress 4GL - Progress ACE

Introduction to BI Best Practices

Lima Barreto - Quase ela deu o sim, mas...

Esaú e Jacó - Machado de Assis

Diva - José de Alencar

A Dívida - Artur de Azevedo

Luís Soares - Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite - 01 - Machado de Assis

Singularidades de uma rapariga loura, parte 2 - Contos de Eça de Queirós

Um Club da Má Língua - Fiódor Dostoiévski

Casa Velha - Machado de Assis

Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco

À Margem da História - Euclides da Cunha

A Tempestade; Morte de Iracema; O Pampa - Eugênio Werneck - Antologia Brasileira

Os Sertões - Euclides da Cunha

O Alienista - Machado de Assis

O Triste Fim de Policarpo Quaresma - Lima Barreto

A Mão e a Luva - Machado de Assis

O Ateneu - Raul Pompeia

Contos para Velhos - Olavo Bilac

Cinco Minutos - José de Alencar

Demóstenes - Oração da Coroa - Parte 3

Contos Lima Barreto

Gênesis - Bíblia

Pride and Prejudice - Jane Austen

Romeo and Juliet - William Shakespeare

Hamlet - William Shakespeare

TOP 50: BLOG by Sanderlei Silveira


Biomas brasileiros - Santa Catarina - Conheça seu Estado (História e Geografia)

Idade das Religiões - História em 1 Minuto

As festas populares no estado de São Paulo - SP

O tropeirismo no estado do Paraná - PR

Pantanal – Patrimônio Natural da Humanidade - MS

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil (Atualizado até 10/2016)

Os símbolos do estado do Rio de Janeiro - RJ

Poesia - Sanderlei Silveira

Canção do exílio - Gonçalves Dias

How Do I Love Thee? - Sonnet 43 - Elizabeth Barrett Browning

The Road Not Taken - Robert Frost - Poetry in English

24K Magic - Bruno Mars - Letra Música

POVO E RAÇA - Mein Kampf (Minha luta) - Adolf Hitler

Macunaíma - Mário de Andrade

Tendências de mercado - Economia em 1 Minuto

O navio negreiro - Os Escravos - Castro Alves

Antífona - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Euclides da Cunha - Os Sertões (Áudio Livro)

A aia - Contos de Eça de Queirós

Diva - José de Alencar - Audiobook

Amor é fogo que arde sem se ver - Sonetos - Poemas de Amor - Luís Vaz de Camões

Versos íntimos - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesias

Curso de Espanhol Online - Grátis e Completo

Curso de Inglês Online - Grátis e Completo

O Diário de Anne Frank

Casa Velha – Machado de Assis - Livros em PDF para Download (Domínio Público)

Introduction to Design Thinking with SAP - SAP - Course Free Online

Totvs - Datasul - Treinamento Online (Gratuito)

Mitología Griega - Historia en 1 Minuto

Religion - Ancient History - History in 1 Minute

Salmos 22 - Bíblia Online

Olavo Bilac - Contos para Velhos - Áudio Livro

A Doença do Fabrício - Contos - Artur de Azevedo

Contos - Lima Barreto - Áudio Livro - Audiobook

Jane Austen - Pride and Prejudice - AudioBook

Material de apoio para Pais e Professores - Educação Infantil - Nível 1 (crianças entre 4 a 6 anos)

Sala de Aula - Educação Infantil - Nível 2 (crianças entre 5 a 7 anos)

Brincadeira - Educação Infantil - Nível 3 (crianças entre 6 a 8 anos)

Idioma Português - Educação Infantil - Nível 4 (crianças entre 7 a 9 anos)

Rio São Francisco - Educação Infantil - Nível 5 (crianças entre 8 a 10 anos)

Livros - Educação Infantil - Nível 6 (crianças entre 9 a 11 anos)

MISS DOLLAR - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Crisálidas - Poesia - Machado de Assis

TU SERÁS FELIZ, BENTINHO - Dom Casmurro

O ALIENISTA - Papéis Avulsos

EMBARGOS DE TERCEIRO - A Mão e a Luva

Tu, só tu, puro amor - Teatro - Machado de Assis

Cartas Fluminenses - Crônica - Machado de Assis

Helena - Machado de Assis

JOGO PERIGOSO - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

MELHOR DE DESCER QUE DE SUBIR - Esaú e Jacó - Machado de Assis


4 comentarios:

  1. Oh! Lua morta de minha vida,
    Os sonhos meus
    Em vão te buscam, andas perdida
    E eu ando em busca dos rastos teus...

    Vago sem crenças, vagas sem norte,
    Cheia de brumas e enegrecida,
    Ah! Se morreste pra minha vida!
    Vive, consolo de minha morte!

    ResponderEliminar